Relembrando... Piaf

Apesar de todos os problemas que apresenta (principalmente por omitir alguns episódios mais controversos), vale a pena assistir "Piaf - Um Hino ao Amor" ("La Môme", 2007) por dois ótimos motivos: primeiro, para apreciar a impressionante atuação de Marion Cotillard, que lhe rendeu um merecidíssimo Oscar. A atriz encarna com absoluta perfeição a célebre cantora, com todos os seus maneirismos e singularidades. Chega a ser assustador.

A outra razão para conferir essa produção é a oportunidade imperdível de se conhecer a memorável obra de Édith Piaf, com sua voz poderosa e talento inigualável. A baixinha sem dúvida merecia a fama que tinha. Como aperitivo, segue uma pequena amostra retirada do filme, com uma de suas canções mais famosas, a belíssima "Non, je ne regrette rien", de 1960. Sensacional. (para uma versão com uma qualidade bem superior de imagem e som, clique aqui - recomendo fortemente)



Para meu próprio deleite, vou aproveitar a deixa e colocar aqui outra canção dela que adoro: "La Foule".



Por fim, o trailer de La Môme:


0 comentários:

Postar um comentário

Por favor, fique à vontade para comentar, é um prazer saber sua opinião. Seja ela contra, a favor, ou muito antes pelo contrário. Não será permitido trolling, bullying, spam, preconceito e ataques meramente pessoais ou destrutivos.

BlogBlogs.Com.Br