Sobre o Depois do Trampo


A partir de 08/08/2010, o Wasner#Blog vira Depois do Trampo. Tirando a mudança visual, de URL e de nome, o blog continua exatamente o mesmo. Um blog de cunho estritamente pessoal, opinativo, informal, e sem foco definido - embora a cultura pop e o cotidiano tenham um lugar especial por aqui.

Mas, por que esse nome, "Depois do Trampo"? Desde que comecei este blog, há cerca de um ano e meio, minha idéia era que ele fosse, para mim, uma experiência semelhante a jogar conversa fora com os amigos, em torno de uma mesa de bar. Enfim, bebendo uma cerveja bem gelada, depois de um longo dia de trabalho. Algo que eu adoro. Não haveria regras pré-definidas. Qualquer assunto seria válido - exceto falar de trabalho. Assim, nada de posts sobre programação, análise de sistemas, informática e afins. Tem sido assim desde então, e assim continuará. Espero, portanto, que o novo nome e o novo visual reflitam esse clima, e o que este blog representa para mim.


Assim como me policio para não falar de trabalho por aqui, não abordo assuntos relacionados a games e tecnologia. Não porque não goste desses assuntos. Pelo contrário, eu adoro. E por isso mesmo criei um outro blog para essa finalidade específica. É o Planetóide X, que você pode conhecer clicando aqui.

Sobre mim, o que é relevante no momento é que sou uma pessoa que adora escrever e precisa constantemente se expressar e se posicionar. Quando algo me entusiasma ou me revolta, é mandatória a necessidade de colocar esse sentimento no papel. E, como os leitores já devem ter notado, meus textos costumam ser grandes. É claro que eu sei que isso aliena uma grande parte do público potencial, mas penso que o importante para um blog pessoal não é necessariamente atrair um grande público, mas o público certo. Caso contrário, o processo se torna extremamente desgastante para os dois lados da equação.


Sei que às vezes minhas opiniões são fortes, e isso frequentemente trás dores de cabeça para mim. Tanto por aqui como na vida real. Asseguro, porém, que os meus textos nunca tem a intenção de ofender a ninguém. Procuro sempre criticar idéias, e não pessoas - exceto, claro, quando a idéia em questão está tão absolutamente associada a algum indivíduo específico, que é impossível separá-los (digamos, um político, por exemplo). Então não leve a coisa para o lado pessoal.

Se não concordar com alguma opinião emitida por mim, basta colocar sua contra-argumentação na seção de comentários. É do debate saudável de idéias que todos nós evoluímos. Aprendi muito com meus interlocutores, e sei que não tenho sempre a razão. Todavia, ataques meramente pessoais e destrutivos não serão tolerados. Comentários de trolls e bullies serão sumariamente deletados. Isso aqui não é uma democracia. É minha casa. Use o espaço com responsabilidade e maturidade, ou não use. Exatamente como eu faço quando visito o seu blog.


De resto, agradeço sua visita e espero que a leitura seja divertida. Que todos nós tenhamos um ótimo happy hour!

Garçom, trás mais uma! E gelada dessa vez!

Grande abraço!

Guilherme

Obs.1: o conteúdo desse blog pode ser reproduzido à vontade, desde que 1) seja citada a fonte, 2) seja disponibilizado um link para o artigo original e 3) o texto em si não seja alterado.

Obs.2: passei a usar o recurso padronizado "jump break" do Blogger, por isso o link para expandir o post (o famoso "Continue lendo...") passa a ficar um pouco mais discreto, à esquerda.

Obs.3: o processo de migração do blog foi bem cansativo e me tomou muito tempo. Então provavelmente darei uma descansada nessa semana que se inicia agora (em 08/08/2010). Mas depois disso tentarei voltar a postar no mesmo ritmo de antes, ou seja, uma média de um a dois posts por semana.

Obs.4: embora tenha me dado trabalho, o cabeçalho atual é provisório. O problema é que o definitivo ainda irá me tomar um bom tempo para ser concluído. Haja!

Créditos
  • Assim como no Planetóide X, o template usado neste blog foi profundamente customizado por mim, a partir do template Warpack, do ótimo BTemplates. Apesar do design atual pouco ou nada manter do original, aproveitei quase a totalidade do código e, portanto, agradeço imensamente ao seu autor.
     
  • Os elementos visuais foram montados por mim usando o Inkscape, um programa de desenho vetorial open source. As imagens foram recortadas usando o GIMP, outro programa open source, porém voltado para edição de imagens rasterizadas.

  • Adaptei esse clipart como imagem-base dos meus ranks de classificação.
     
  • Agradeço ao amigo Fabiano por hospedar meu favicon no seu servidor! 

Adeus, Wasner#Blog! Foi bom enquanto durou... :´(

BlogBlogs.Com.Br